Educação do futuro: conheça 3 principais tendências educacionais para 2022

Além do já conhecido ensino remoto, outros protagonistas surgem no cenário da Educação do Futuro no Brasil  como principais tendências educacionais para 2022.

Não é novidade ouvir que a pandemia da Covid-19 mudou os padrões da educação mundial. Instituições de ensino de diversos países se viram com o enorme desafio. Continuar a educar com qualidade enquanto encontravam novas formas de ensinar no cenário pandêmico.

Esta urgência permitiu a criação e aprimoramento de ferramentas, técnicas e modalidades de ensino que estavam apenas engatinhando. E o ensino remoto foi conquistando seu espaço na educação, hoje é extremamente importante nas escolas e instituições de todo o país.

Aliado ao ensino tradicional, o ensino remoto é um propulsor da educação híbrida. Essa metodologia de aprendizado combina a experiência em sala de aula com a facilidade das tecnologias à distância.

Se em 2021 vimos esses fenômenos amadurecerem, em 2022 é o momento de vermos essas inovações se aperfeiçoarem.

Conheça agora as 3 principais tendências da educação do futuro para já aplicar esse ano de 2022.

📱Tecnologia e educação: por que elas são aliadas indispensáveis para sua IE

Um padrão se estabeleceu nos últimos dois anos na educação brasileira: a tecnologia. Seja usada nas aulas remotas, nos exercícios complementares, no planejamento das IEs ou nas plataformas de aprendizado.

E a tecnologia deixou de ser uma disputa, e tornou-se um meio necessário na forma de aprendizado. Com o tempo, uma série de metodologias de ensino inovadoras foram e ainda estão sendo implantadas nas instituições de ensino.

Os alunos da atualidade nasceram em uma geração completamente diferente de seus pais. Eles estão mais conectados e ativos com as tecnologias do que nunca.

Uma pesquisa independente publicada em outubro de 2021, produzida por uma parceria entre o site de notícias Mobile Time e a empresa de soluções de pesquisas Opinion Box, expôs dados que enfatizam a relação das crianças com os celulares:

  • Em famílias cujos pais têm smartphone, praticamente metade (49%) das crianças brasileiras de 0 a 12 anos têm um smartphone próprio. Um ano atrás eram 44
  • O maior crescimento foi na faixa de 7 a 9 anos: subiu de 52% para 59% o percentual com smartphone próprio

🌐E-learning e a eficiência do aprendizado online

O nome pode indicar uma tendência.  E-learning, ou aprendizado eletrônico, já é uma das grandes ferramentas da educação que terão protagonismo em 2022. Aprender no conforto de casa, no escritório ou até mesmo em um local público é um diferencial oferecido pela educação.

Ensinar e aprender de forma remota foi um fator explorado pelas grandes instituições de ensino nos últimos dois anos. E continua sendo um diferencial para os estudantes hoje em dia!

O e-learning não é uma opção somente para a educação. É um diferencial para empresas, que buscam saídas digitais na hora de aprimorar os conhecimentos de seus colaboradores! O site Definanzas.com avaliou que o mercado global de e-learning deve crescer a uma taxa composta de crescimento anual de 18% entre 2021 e 2025, gerando um adicional de US$ 184,52 bilhões do setor!

📝Microlearning 

Novas formas técnicas e abordagens de aprendizado ganharam destaque nos últimos anos. Elas surgiram para atender uma nova necessidade do aluno moderno. E tendências já consideradas ultrapassadas retornaram para apoiar a educação do futuro.

O microlearning consiste em transmitir o ensino em pequenas frações num espaço de tempo reduzido, indo contra a ideia e sobrecarregar o aluno. Ele se faz valer em como as disciplinas são aplicadas, tamanho das grades de estudo, tempo de conclusão de curso e muito mais. Os vídeos curtos educacionais são uma ótima forma de explorar com eficiência o microlearning.

A vida corrida dos grandes centros também é um fator que influencia a utilização desta modalidade de ensino. Com tempo reduzido para as diversas tarefas do dia, alunos buscam graduações que ofereçam o conteúdo conciso e atualizado de forma direta e descomplicada.

🤯5G, Metaverso e as possibilidades da tecnologia na Educação do futuro

Anunciado por Mark Zuckerberg em setembro de 2021, o Metaverso é um ambiente de realidade virtual com foco no compartilhamento coletivo de interações e informações.

O projeto receberá mais de US$ 150 milhões de dólares em investimentos. O intuito é criar um programa de educação que vai ajudar no desenvolvimento de tecnologia e preparar as pessoas para usarem ferramentas de realidade aumentada e realidade virtual.

Isso enfatiza o quanto as grandes potências estão investindo na ideia de utilizar cada vez mais a internet, as tecnologias e as novas realidades digitais para elevar o nível do que já construímos no mundo físico.

Com o Metaverso e a RV (realidade virtual), os alunos poderão vivenciar momentos históricos, aprender de forma prática e dinâmica o funcionamento da fauna e flora do mundo, desde já as possibilidades são inúmeras! Tudo com o poder da internet.

Com a chegada da tecnologia 5G, interações como estas serão simples já que este passo evolucionário da tecnologia permite conexões mais rápidas e estáveis. O que abre portas no mundo conectado nunca experimentadas.

💡A inovação é a chave para a Educação do Futuro 

E com todas essas tendências à vista no panorama da educação, os gestores devem planejar ações que convirjam para o rumo atual deste cenário, apresentando soluções personalizadas para seus estudantes, grades com opções inovadoras aliadas as tecnologias atuais, e ferramentas digitais que aproximem o aluno de seus professores de forma descomplicada e rápida.

Com tantas mudanças nos últimos anos a tendência para 2022 é um ensino abrangente, inclusivo e disruptivo, sem abandonar o modelo clássico que já conhecemos. Um ensino onde todas as novas formas de aprendizado descobertas, agregam valor ao modelo tradicional.

Além do já conhecido ensino remoto, outros protagonistas surgem no cenário da Educação do Futuro no Brasil  como principais tendências educacionais para 2022.

Uma atualização importante realizada recentemente pelo Ministério da Educação (MEC) indica que os cursos de formação para docentes precisarão ter 50% de carga presencial.O MEC aprovou o parecer do Conselho
LEIA MAIS

As estratégias de marketing e publicidade mudaram muito nos últimos anos. Com o desenvolvimento da tecnologia e a ascensão da publicidade, a mídia programática ganhou mais espaço no mercado. Você
LEIA MAIS

No contexto atual, o futuro do mercado educacional está sendo moldado por evoluções tecnológicas e mudanças sociais, que impactam também o comportamento dos alunos e o ambiente de aprendizado.O avanço
LEIA MAIS

A régua de relacionamento educacional é uma estratégia poderosa para melhorar o relacionamento com os alunos e aumentar o número de matrículas.A comunicação com os estudantes é uma peça-chave dentro
LEIA MAIS

plugins premium WordPress