LGPD na Educação: como as instituições de ensino devem se preparar?

Em um mundo onde a privacidade de dados vem sendo cada vez mais discutida, a LGPD na educação também não passaria despercebida dentro deste cenário. 

Com isso, todas as instituições de ensino precisaram se adequar de maneira obrigatória às novas normas para seguirem trabalhando com os dados das pessoas, sejam elas alunos ou possíveis leads. 

Entretanto, escutamos muito falar sobre a importância da LGPD, mas sem entender, de fato, como ela muda a nossa vida e a proteção de informações na internet, certo?

Por isso, preparamos esse conteúdo exclusivo para te explicar como a LGPD na educação está funcionando e como a sua universidade pode se adequar à ela da melhor forma possível. 

 

O que é a LGPD? 

                                                                        A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é a nova lei responsável pela proteção de dados e informações de todos os cidadãos brasileiros. Ela entrou em vigor de forma oficial em agosto de 2020. 

Ao realizarmos um cadastro em uma entidade, por exemplo, é comum utilizarmos elementos e pedirmos informações para os usuários como o preenchimento de nome, telefone e endereço de e-mail, certo?

O problema começa depois que esse cadastro se inicia, já que nem todas as instituições de ensino possuem o hábito de preservar de maneira ideal as informações dessas pessoas, utilizando-as para diferentes finalidades.

Pensando em evitar que este tipo de situação continue acontecendo, a Lei foi decretada.

Falando especificamente do mercado educacional, é obrigatório que todas as instituições de ensino estejam de acordo com a LGPD na educação até maio de 2021.

Caso contrário, elas deverão arcar com multas e possíveis processos.

 

Qual a importância da LGPD na educação?

A LGPD nas instituições de ensino é uma forma de todas as informações fornecidas pelos usuários a esses centros educacionais passem a ser preservadas e utilizadas para os devidos fins, onde nenhum dado poderá ser passado ou vazado sem a permissão do seu portador.

Por meio deste comportamento, é possível impedir que diversos dados sejam utilizados de forma errônea e garante a privacidade e confiabilidade da instituição de ensino perante aos olhos do aluno no tratamento de dados. 

LGPD na educação

Panorama geral da LGPD na educação

Todas as mudanças necessárias para cumprir com a LGPD na educação não são difíceis de serem realizadas, visando que apenas seja necessário uma variante em casos de má gestão e proteção de dados.

Em situações de faculdades que já estejam bem encaminhadas, a rotina não muda muito, pois elas já estarão garantindo o bom uso das informações de seus estudantes e docentes.

 

No que a LGPD na educação ajuda, de fato?

Quando bem executada, a LGPD na instituição de ensino é capaz de trazer uma ótima garantia de segurança para todos que forneceram informações para estes locais.

Podemos citar alguns processos que serão melhorados com a aplicação da Lei na rede, sendo possível trabalhar pontos que tragam resultados positivos para as academias.

Compartilhamento de informações seguras

Hoje em dia, existem diversos golpistas que estão apenas à espera de uma brecha na segurança para que possam roubar dados das pessoas e utilizá-los de forma prejudicial.

Situações como essa, infelizmente, se tornaram corriqueiras pois as companhias não estavam protegendo adequadamente essas informações.

Esse tipo de ocorrência pode trazer diversos problemas para o dono daqueles materiais, sendo um total inconveniente para todos.

Com a LGPD na educação isso irá mudar, pois ela prevê que a coleta e a utilização de dados deverão estar de acordo com o que a Lei impõe.

Ou seja, a instituição deverá informar ao titular, de forma clara, para quais finalidades as suas informações pessoais serão utilizadas.

Redesenhos de processos

Para se adequar a LGPD na educação será preciso que as academias revisem todos os seus processos internos.

Isso poderá oferecer a oportunidade de encontrar seus pontos fortes e os pontos que necessitam de atenção.

A partir disso, as instituições poderão potencializar seus resultados de forma muito considerável e vantajosa.

Como se adaptar à LGPD na educação? 

LGPD

A partir das informações citadas anteriormente, podemos ver que a LGPD na educação oferece a oportunidade de melhoria para todos os envolvidos.

E se tratando de uma Lei, é preciso estar de acordo com as suas regras para evitar as multas e processos que podem acontecer com o seu descumprimento.

Alguns passos são necessários para que isso não ocorra:

Pedir autorização para utilizar os dados

Um dos requisitos principais para se adequar à LGPD na educação é pedir autorização para utilizar os dados das pessoas em questão.

Ou seja, independente da situação, sempre que for necessário, solicite a permissão para que as informações cadastrais (até mesmo o nome do cliente) sejam usadas.

É muito importante também manter claro para qual finalidade elas serão adotadas, garantindo que as pessoas estejam a par da ocorrência por inteiro.

Fornecer direito de escolha ao aluno

O aluno deverá sempre ter a opção de compartilhar ou não os seus dados, indiferente da sua finalidade.

Portanto, a instituição de ensino deve oferecer a ele o direito de escolha para esse tipo de processo.

Permitir a exclusão de dados a qualquer momento

As academias devem sempre permitir que os alunos excluam as suas informações do banco de dados a qualquer momento.

É de direito do portador optar se quer ou não continuar a partilhar o seu material pessoal com aquele local em questão.

Portanto, não utilize barreiras que dificultem o desligamento de uma pessoa da sua base.

Desenvolver anúncios segmentados

Os anúncios segmentados tem como função atingir um certo tipo de persona. No caso das instituições de ensino, eles seriam os alunos.

Essa pode ser uma boa saída para garantir que os dados dos seus estudantes estão sendo bem utilizados.

Você pode criar abordagens que sejam do interesse dessas pessoas, garantindo que estão de acordo com a Lei estabelecida.

Ter um bom sistema gerencial

Possuir um bom sistema gerencial é uma boa forma de se manter adequado na LGPD na faculdade.

Com ele você poderá garantir que todas as informações presentes na sua base de informações estão seguras e sendo bem utilizadas.

Ele também permite que você organize e gerencie os materiais pessoais de seus alunos, evitando que eles caiam em mãos erradas.

 

A adequação à LGPD é realmente necessária?

LGPD na educação ajuda no fechamento de vendas?

Quando falamos sobre proteção de dados dos usuários na internet nos dias de hoje, certamente precisamos levar em conta todas as novas adequações que a LGPD fornecesse como base. 

Desta forma, além de garantir que sua instituição de ensino esteja adequada às normas da lei vigente, é possível transmitir segurança e confiabilidade tanto para o aluno como para o lead de que seus dados não serão utilizados de maneira errônea. 

Por isso, quanto mais cedo você como gestor realizar essas mudanças, melhor será (em todos os sentidos) para seguir trabalhando no universo digital de maneira segura.  

 

Uma atualização importante realizada recentemente pelo Ministério da Educação (MEC) indica que os cursos de formação para docentes precisarão ter 50% de carga presencial.O MEC aprovou o parecer do Conselho
LEIA MAIS

As estratégias de marketing e publicidade mudaram muito nos últimos anos. Com o desenvolvimento da tecnologia e a ascensão da publicidade, a mídia programática ganhou mais espaço no mercado. Você
LEIA MAIS

No contexto atual, o futuro do mercado educacional está sendo moldado por evoluções tecnológicas e mudanças sociais, que impactam também o comportamento dos alunos e o ambiente de aprendizado.O avanço
LEIA MAIS

A régua de relacionamento educacional é uma estratégia poderosa para melhorar o relacionamento com os alunos e aumentar o número de matrículas.A comunicação com os estudantes é uma peça-chave dentro
LEIA MAIS

plugins premium WordPress